Azegrama

Esta forma poética foi criada por meu amigo/irmão/compadre Diego Fiorenza Nunes. A ideia é seguir a norma de que as palavras devem começar com a ordem de letras, de A até Z. Daí o nome Azegrama.

Partindo dessa questão construí um agora a pouco enquanto pensava e olhava o horizonte. O local de criação foi a minha casa. Abaixo a minha tentativa:

Agora

Bailou.

Cantei,

Divaguei,

Expressei,

Falei.

Geralmente

Humanos

Incomodam

Jurando

Lamentos,

Mesmo

Nas

Omissões.

Parecem

Queixosos

Resmungos.

Sabem

Torturar

Uivando

Versos

Xoxos,

Zangados.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Informação, Literatura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s