Mate-nos, mate nós

mate

Todos os dias tomamos mate. Às vezes na sala, às vezes na varanda, às vezes na praça perto de casa. Ritual fraterno e amoroso: É um beijo tabelado entre nossos lábios e a bomba. É quente como nosso amor e amargo como a vida, que tentamos, como todos, digerir todos os dias.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Meu

Uma resposta para “Mate-nos, mate nós

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s